jump to navigation

Bastardos Inglórios – Resenha Outubro 14, 2009

Posted by zaboobs in Resenhas de Filme.
Tags: , , , , , , ,
trackback

(Inglourious Basterds)

EUA/2009 – 153 min
Guerra / Açãoinglourious-basterds-1510

Nota: 4HR’s

Direção: Quentin Tarantino

Roteiro: Quentin Tarantino

Elenco: Brad Pitt (Lt. Aldo Raine), Melanie Laurent (Shosanna Dreyfus), Cristoph Waltz, Col. Hans Landa, Eli Roth (Sgt. Donny Donowitz), Michael Fassbender (Lt. Archie Hicox), Diane Kruger (Bridget Von Hammersmark), Daniel Bruhl (Pvt. Frederick Zoller), Til Scweiger (Sgt. Hugo Stiglitz), Gedeon Burkhard (Cpl. Wilhelm Wicki), Jacky Ido (Marcel), Omar Doom (Pfc. Omar Ulmer), August Diehl (Major Dieter Hellstrom), Denis Menochet (Perrier LaPadite), Sylvester Groth (Joseph Goebbels).

Quentin Tarantino, pois é não da para negar que esse é um filme do Quentin, desde o começo vc percebe que não é apenas mais um filme da Segunda Guerra Mundial e sim um filme do Quentin Tarantino sobre a Segunda Guerra Mundial. Desde a cena inicial que devo dizer que na minha singela opinião é sem duvida uma das melhores cenas do filme.  Bem o filme conta a historia de um grupo de Soldados Judeus Americanos que tocam o terror em soldados nazistas na França ocupada. Pronto, agora que você já conhece a sinopse do filme voltaremos a critica.

Onde eu estava mesmo?  Lembrei! Na primeira cena onde conhecemos o personagem/ator que em minha opinião roubou o filme todo o Col. Hans “Caçador de Judeus” Landa. O personagem esta muito bem criado e conceituado, eu juro que esse personagem da muito medo, a maneira que ele interroga com gentileza e vai dando voltas pra conseguir o que ele quer é fantástica. Sem duvida roubou o filme. Parabéns Christoph Waltz tu manda muito esguicho!

No filme também temos a presença de Lt. Aldo “The Apache” Raine, um maluco muito calmo e daqueles que é melhor estar no seu lado, fortuitamente (nova palavra) ele o Col. Landa se parecem muito na forma de “Conversar” com seus inimigos. A cena em que ele enfia o dedo no buraco de bala de uma determinada atriz ate conseguir o que ele quer mostra o nível de comprometimento que ele tem para com esta missão. Algumas cenas são por demais impagáveis pra ficarem de fora, temos a vez em que ele fala italiano “Bonjiorno” com um sotaque americano muito engraçado que colocou o cinema abaixo, temos também ele analisando a sua criação artística e se você quer saber ele já foi repreendido antes.

Impossível negar que o filme Inglourious Bastards é de Quentin Tarantino, todo o filme tem a sua marca, o que já deve definir quem vai gostar do filme e quem não. Achei que Tarantino escreveu a sua versão para a segunda guerra com nuances bem particulares de sua mão como diretor, por exemplo, a forma que ele caracteriza Hitler, a forma que ele mostra os diversos personagens e também como ele decide o final da WW2 que termina com um grande espetáculo, literalmente.

Aconselho a quem for ao cinema que saiba que a classificação eh 18 anos então saiba o que esperar, gore, blood and fun. Vale ressaltar algumas cenas muito boas:

– Pfc. Omar Ulmer mostrando seu talento com o italiano.

– The Bear Jew e a sua habilidade com uma bastão.

– Lt. Aldo Perguntando o que Col. Landa vai fazer depois da guerra.

– Sgt. Hugo Stiglitz e sua introdução.

– Adolf e sua introdução.

– Todas as vezes que o Col. Landa aparece.

– Interrogatório a atriz.

– O espetáculo do teatro e muitas outras.

Em outras palavras vale a pena ver no cinema, eu me diverti bastante e acho que vocês vão também.

Abr,

Zaboobs

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: